Trump perdoa Susan B. Anthony, presa em 1872 quando mulheres não tinham direito ao voto

O presidente Donald Trump anunciou na terça-feira (18) que exercerá seus poderes presidenciais para perdoar – ainda que simbolicamente – Susan B. Anthony por ter votado em 1872, violando as leis da época que proibiam mulheres de votar. Susan era uma ativista do movimento pelo sufrágio feminino e anti-escravidão.

O perdão presidencial a Susan vem no dia em que se comemora o 100° aniversário da 19a Emenda, que garantiu o direto ao voto por parte de mulheres no país.

A 19ª Emenda afirma que “O direito dos cidadãos dos Estados Unidos de votar não deve ser negado ou reduzido pelos Estados Unidos ou por qualquer Estado por causa do sexo.” O Congresso a aprovou em 1919 e a emenda foi ratificada em 18 de agosto de 1920.

Susan B. Anthony está enterrada em Rochester, estado de Nova York, cidade em que nasceu e na qual cometeu o crime de votar nas eleições de 1872.

O que você pensa sobre esse assunto?