Trump já havia se posicionado contra iniciativa de Bannon

Após a prisão de Steve Bannon na quinta-feira (20) por suposta fraude em uma iniciativa de arrecadação de fundos online para construção de um pequeno trecho do muro na fronteira sul dos EUA, a secretária de imprensa da Casa Branca esclareceu em nota que o presidente Donald Trump já havia se posicionado contra a iniciativa publicamente em seu Twitter.

No tweet de 12 de julho de 2020, Trump disse:

“Não concordei em fazer esta seção muito pequena (minúscula) do muro, em uma área complicada, por um grupo privado que arrecadou dinheiro com anúncios. Isso só foi feito para me deixar mal, e talvez agora nem funcione. Deveria ter sido construído como o resto do muro, mais de 500 milhas.”

Trump fez a declaração em resposta às informações de que o trecho de 3 milhas que chegou a ser construído através da iniciativa “We Build The Wall”, da qual Bannon participava, teria sofrido problemas com a erosão no terreno e ameaçava desabar.

Segundo Kayleigh McEnany, “O presidente Trump sempre sentiu que o muro devia ser um projeto do governo e que [o projeto] é muito grande e complexo para ser tratado de forma privada.”

Ainda de acordo com McEnany, “O presidente Trump não se envolveu com Steve Bannon desde a campanha e o início da administração, e ele não conhece as pessoas envolvidas neste projeto”, encerra a nota.

A acusação

Steve Bannon, ex-estrategista-chefe da Casa Branca e arquiteto de algumas das primeiras políticas de imigração do presidente Donald Trump, foi indiciado em conexão com uma campanha online de arrecadação de recursos para o muro da fronteira entre os EUA e o México. Bannon foi preso junto com outras três pessoas.

Em uma acusação federal divulgada na quinta-feira (19), Bannon e dois outros são acusados de cometer fraude contra doadores em uma campanha online conhecida como “We Build The Wall” (Nós Construímos o Muro), que teria arrecadado mais de US$ 25 milhões para a construção de um pequeno trecho do muro (3 milhas) na fronteira.

Segundo a acusação, milhares de dólares foram desviados a Brian Kolfage, o fundador da iniciativa.

O que você pensa sobre esse assunto?