Trump é retirado de coletiva por agente após tiroteio fora da Casa Branca; assista

O presidente Donald Trump foi surpreendido na tarde de segunda-feira (10) quando iniciava seu briefing diário diante das câmeras na sala de imprensa da Casa Branca. Um agente do Serviço Secreto escoltou o presidente para fora da sala após tiros terem sido disparados fora da Casa Branca.

O agente subiu no pódio onde estava o presidente e pediu para que o presidente saísse da sala e apontou para a direção da porta. O presidente sem entender pediu que o agente repetisse a informação, foi quando o agente chegou próximo de Trump e sussurrou em seu ouvido que tiros haviam sido disparados do lado de fora da Casa Branca.

Após uma rápida olhada na direção dos repórteres presentes na sala, Trump saiu calmamente pedindo licença e sem falar mais nada.

No instante em que o presidente saia da sala, agentes uniformizados do Serviço Secreto podiam ser vistos pela porta de vidro da sala andando no jardim.

Minutos depois o presidente voltou e antes de retomar seu briefing informou os repórteres sobre o que havia ocorrido: o Serviço Secreto havia disparado contra um suspeito ao lado da Casa Branca. Após algumas perguntas sobre o episódio, Trump retomou seu briefing original.

Imagens divulgadas posteriormente nas redes sociais mostram cenas após o suspeito ter sido baleado. Ainda não há informação sobre as razões e a identidade do homem baleado.

O que você pensa sobre esse assunto?