Trump assina ordem obrigando o governo a comprar medicamentos nacionais

O presidente Donald Trump assina na quinta-feira (6) uma ordem executiva exigindo que o governo federal compre certos medicamentos de fabricantes norte-americanos, e não de empresas estrangeiras.

O pedido, que Trump assinará na fábrica da Whirlpool, em Clyde, estado de Ohio (decisivo nas eleições de 2020), instrui o governo a desenvolver uma lista de medicamentos e outros suprimentos médicos “essenciais” para comprá-los de fabricantes norte-americanos em vez de empresas fora do país.

A Casa Branca diz que a ordem protegerá o suprimento de drogas do país e garantirá que os americanos tenham acesso aos medicamentos essenciais e outros suprimentos médicos.

Kodak Pharmaceuticals

A Kodak e o governo americano anunciaram em julho acordo para a produção de ingredientes para medicamentos genéricos em solo americano com o propósito de diminuir a dependência do país dos ingredientes chineses. Entre os medicamentos para os quais a Kodak irá produzir ingredientes está a Hidroxicloroquina.

“Este é o começo da independência farmacêutica americana de países estrangeiros”, disse o conselheiro comercial da Casa Branca, Peter Navarro, em entrevista à rede Fox Business.

“Quando isso acontecer, 25% dos [ingredientes farmacêuticos ativos] para genéricos de que precisamos nos Estados Unidos estarão exatamente nessas instalações [da Kodak, nos EUA.]”, disse Navarro na entrevista.

Outras ordens executivas

O presidente também assinou três ordens executivas em julho com o objetivo de reduzir os preços dos medicamentos vendidos sob prescrição médica nos Estados Unidos.

“As quatro ordens que assino hoje reestruturam completamente o mercado de medicamentos controlados em termos de preços e tudo o mais para tornar esses medicamentos acessíveis a todos os americanos”, observou o presidente Trump.

O que você pensa sobre esse assunto?