Tempestade arrasa 14 milhões de acres em Iowa e compromete safra de milho e soja

Um tipo de tempestade conhecido como “derecho” produziu ventos com velocidades de até 225 km/h em 14 de agosto, cortou a energia de mais de um milhão de habitantes de Iowa, atingiu pelo menos 14 milhões de acres de plantações e danificou casas e empresas em diversas regiões do estado.

O derecho do meio-oeste de agosto de 2020, um tipo de tempestade de vento em linha reta, foi um evento climático severo que ocorreu de 10 a 11 de agosto de 2020 em todo o meio-oeste dos Estados Unidos. O evento causou ventos fortes generalizados, alguns extremos, gerando ao menos 14 tornados.

O impacto sujeitou milhões de habitantes a interrupções de serviços públicos em larga escala, danos a propriedades residenciais e comerciais e danos significativos a graves à safra anual de milho e soja na área. Nas áreas mais atingidas, como Cedar Rapids, Iowa, os danos foram catastróficos e a limpeza continua em andamento mais de uma semana após a tempestade.

O presidente Donald Trump esteve em Cedar Rapids na terça-feira (18) e prometeu às autoridades estaduais e locais ajuda federal ao estado.

O pedido da governadora ao governo federal incluiu US$ 82,7 milhões para cobrir 8.273 casas que foram danificadas ou destruídas em 27 condados, incluindo Audubon, Benton, Boone, Cass, Cedar, Clarke, Clinton, Dallas, Greene, Grundy, Guthrie, Hardin, Iowa, Jackson, Jasper, Johnson, Jones, Linn, Madison, Marshall, Muscatine, Polk, Poweshiek, Scott, Story, Tama e Washington.

A governadora Kim Reynolds (R) também solicitou uma designação de desastre ao Secretário de Agricultura dos EUA, Sonny Perdue, para 57 condados de Iowa afetados pela tempestade, o que permitiria aos produtores de Iowa acessarem os programas de desastres do Departamento de Agricultura.

“A tempestade derecho deu outro golpe no estômago nos fazendeiros de Iowa, destruindo campos inteiros, demolindo armazéns de grãos e outras construções agrícolas”, disse Reynold. “Os fazendeiros de Iowa servem como uma âncora crítica para o suprimento mundial de alimentos e é fundamental que eles tenham nosso apoio.”

Cerca de 3,6 milhões de acres de milho e 2,5 milhões de acres de soja foram severamente danificados pela tempestade, com outros milhões de acres afetados em vários graus, de acordo com estimativas preliminares.

Plantação de milho achatada no solo após os ventos da tempestade.

Imagens da NASA mostram a diferença do solo na região com milhões de acres de plantações de milho no estado.

A imagem de 10 de julho de 2020 feita pela NASA mostra o território sem qualquer dano.
A segunda imagem, feita dia 11 de agosto, após a tempestade, mostram uma coloração mais clara, o que segundo a NASA, significa plantação achatada no solo pelos fortes ventos do derecho.

FONTES: The Moines Register, National Weather Service, NASA

O que você pensa sobre esse assunto?