NASA lança robô e mini-helicóptero para explorar Marte

O rover Perseverance, um veículo de exploração espacial, foi lançado na quinta-feira (30) junto do foguete United Launch Alliance Atlas V da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, às 7h50 no horário local, iniciando uma viagem de quase sete meses ao planeta vermelho. Junto do veículo foi o primeiro helicóptero interplanetário Ingenuity.

Depois de aterrissar na Cratera Jezero de 45 quilômetros de largura em fevereiro de 2021, a Perseverance fará coisas que nenhum rover de Marte já fez, segundo a NASA, como caçar sinais de vida e coletar amostras e empregar um mini-helicóptero no trabalho de exploração.

O rover Perseverance

Ingenuity

O Ingenuity é um helicóptero robótico planejado para ser usado na exploração de alvos específicos em Marte e ajudar a planejar as melhores rotas para futuros rovers a serem enviados para Marte.

O helicóptero espacial Ingenuity

“Estes são tempos muito, muito emocionantes”, disse o administrador da NASA Jim Bridenstine durante uma entrevista coletiva. A Perseverance é uma “missão muito importante para os Estados Unidos da América e, é claro, uma missão muito, muito importante para o mundo”.

A Perseverance, peça central da missão Marte 2020, custou US$ 2,7 bilhões. Durante uma missão de superfície com duração de pelo menos um ano no tempo de Marte (um pouco menos de dois anos na Terra), o rover de 1.025 kg vai explorar a geologia da cratera marciana em detalhes, mapeando a composição das rochas que preservam um registro dos dias quentes e úmidos de Jezero, o local de pouso do rover.

Esse trabalho pode identificar moléculas orgânicas contendo carbono – incluindo, talvez, algumas que foram produzidas por micróbios marcianos há muito tempo. O rover pode até encontrar estruturas na rocha Jezero que foram criadas por organismos nativos.

O que você pensa sobre esse assunto?