Na Casa Branca, Kosovo e Sérvia assinam acordo mediado por Trump

Sérvia e Kosovo assinam acordo de normalização econômica entre os dois países; o acordo também prevê o reconhecimento de Israel por Kosovo e a transferência da embaixada da Sérvia para Jerusalém. Pelo acordo, Kosovo também passa a reconhecer o estado de Israel. O acordo “Belgrado-Pristina”, como foi batizado, foi mediado pelos Estados Unidos e foi assinado na sexta-feira (4) no Salão Oval da Casa Branca diante do presidente Donald Trump.

“Na verdade, é histórico”, disse Trump. “Estou ansioso para ir para os dois países em um futuro não muito distante.”

Kosovo declarou independência da Sérvia em 2008, nove anos depois que a Otan conduziu uma campanha de ataque aéreo contra a Sérvia em uma tentativa de acabar com a perseguição aos albaneses étnicos em Kosovo.

Israel – Emirados Árabes Unidos

O anúncio do acordo entre Kosovo, Sérvia e Israel vem semanas após o anúncio do histórico acordo de paz entre Israel e os Emirados Árabes Unidos, também mediado pela administração de Donald Trump.

O histórico acordo de paz que restabelece os vínculos diplomáticos entre Israel e Emirados Árabes Unidos anunciado no dia 13 de agosto pelo presidente Donald Trump e seu conselheiro Jared Kushner, deve ser assinado na Casa Branca nas próximas semanas.

O acordo prevê a criação de voos diretos entre os dois países, o estabelecimento de embaixadas e outros acordos bilaterais. É pouco provável, porém, que a embaixada dos Emirados seja estabelecida em Jerusalem, o que poderia trazer grande ônus político por parte do mundo árabe contra Abu Dhabi.

O acordo, comemorado enfaticamente por Benjamin Netanyahu, de Israel, e pelo príncipe Mohammed bin Zayed Al Nahyan, dos Emirados Árabes Unidos, é fruto de esforço diplomático americano não somente com o E.A.U. mas também com outras nações do Golfo Pérsico.

O que você pensa sobre esse assunto?