Mais de 100 departamentos de polícia se recusam a fazer a segurança de convenção democrata

Mais de 100 departamentos de polícia do estado de Wisconsin se recusaram a enviar policiais para a segurança da Convenção Nacional Democrata que ocorre entre os dias 17 e 20 de agosto em Milwaukee, segundo o Milwaukee Journal Sentinel.

O objetivo era levar a Milwaukee cerca de 1 mil policiais de fora da cidade para reforçar a segurança do evento em que o ex-vice presidente democrata Joe Biden vai aceitar a nomeação do partido para a corrida à Casa Branca. A convenção será realizada no Wisconsin Center,

A decisão desses departamentos de polícia ocorre quando a Comissão de Bombeiros e Polícia de Milwaukee emitiu uma diretiva na semana passada ao chefe de polícia de Milwaukee, Alfonso Morales, para mudar a política do departamento suspendendo o uso de gás lacrimogêneo e spray de pimenta em situações de tumulto.

“Respeitamos a decisão da Comissão de Bombeiros e Polícia”, disse o chefe do Departamento de Polícia de Fond du Lac, William Lamb, um dos departamentos que não enviarão policiais ao evento. “Mas neste caso em particular, discordamos totalmente das ações que eles tomaram. Acreditamos (que) removendo essas ferramentas, o uso de irritantes químicos ou spray de pimenta, dos recursos disponíveis que os policiais teriam ao seu dispor se os protestos se tornarem pacíficos comprometeria seriamente a segurança do público e também a segurança dos policiais que seriam designados para proteger o DNC [Convenção Nacional Democrata]. “

O que você pensa sobre esse assunto?