Jogador da NBA se recusa a ficar de joelhos durante hino

Jonathan Isaac, jogador do time de basquete Orlando Magic, da Flórida, chocou a NBA e seus pares na sexta-feira (31), quando se tornou o primeiro e único jogador da NBA a ficar de pé para o hino nacional americano e a não usar uma camiseta do movimento “Black Lives Matter” antes do jogo contra o Brooklyn Nets.

Após a vitória por 128 a 118, Isaac foi bombardeado com perguntas, não sobre a partida, mas sobre sua decisão de não se render ao movimento de extrema esquerda endossado pela liga americana. As respostas foram uma aula não só de respeito e coragem mas de cristianismo.

Isaac, que se tornou ministro evangélico recentemente, não acredita que se ajoelhar e usar uma camiseta andem “de mãos dadas com o apoio a vidas negras”. Ele acredita que “o verdadeiro apoio de todas as vidas é o arrependimento dos pecados que todos cometemos e confiando na graça e no amor de Deus demonstrados na morte de Jesus por cada pessoa”.

“Absolutamente, acredito que vidas negras são importantes”, disse Isaac. “Não acho que ajoelhar e vestir uma camiseta para mim seja a resposta. … Sinto que a resposta para todos os problemas e todas as coisas que acontecem em nossas vidas é Jesus. … Vidas negras são importantes no Evangelho e todas as vidas são importantes no Evangelho. ”

Apoio do técnico

“Essa foi a decisão pessoal de Jonathan. Se os rapazes não se sentem confortáveis ajoelhados e querem ficar de pé, ninguém tem problema com isso. Isso faz parte da vida em nosso país. “, disse o técnico do time Steve Clifford, que se ajoelhou junto com o restante do time na partida de sexta-feira.

Assista abaixo ao momento da execução do hino.

“Não acho que ajoelhar ou vestir uma camiseta, para mim, pessoalmente, seja a resposta.”, disse Isaac na coletiva de imprensa após o jogo.

O que você pensa sobre esse assunto?