Joe Biden escolhe Kamala Harris

Kamala Harris foi escolhida candidata a vice-presidente do democrata Joe Biden. O anúncio foi feito na tarde de terça-feira (11) pelo próprio candidato. A decisão vem após meses de indecisão do núcleo da campanha sobre quem poderia agregar mais apoio à chapa democrata.

No Twitter, Kamala se disse honrada por se juntar a Biden na disputa e afirmou que o democrata é quem “pode unificar o povo americano”.

“Joe Biden pode unificar o povo americano porque passou sua vida lutando por nós. E como presidente, ele construirá uma América à altura de nossos ideais. Tenho a honra de me juntar a ele como candidata do nosso partido para vice-presidente e fazer o que for necessário para torná-lo nosso comandante-chefe.”, disse.

Kamala Harris, pré candidata à Casa Branca derrotada nas primárias, era uma das favoritas para a posição.

Kamala, no entanto, já chamou Biden de racista. Durante um dos debates entre os pré-candidatos democratas, Kamala chegou a chamar Biden de “racista vil”.

Kamala

Nascida em Oakland, Califórnia, Harris se formou na Howard University e na Hastings College of the Law pela Universidade da Califórnia. Harris começou sua carreira no Gabinete do Procurador Distrital de Alameda County antes de ser recrutada para o Gabinete do Procurador Distrital de São Francisco e mais tarde para o Gabinete do Procurador da Cidade de San Francisco. Em 2003, ela foi eleita a 27ª promotora distrital de São Francisco, servindo até 2011.

Harris foi eleita procuradora-geral da Califórnia em 2010 e reeleita em 2014. Harris enfrentou críticas de reformadores por políticas duras contra o crime que seguiu enquanto era procuradora-geral da Califórnia. Em novembro de 2016, ela derrotou Loretta Sanchez na eleição para o Senado de 2016 para suceder a senadora Barbara Boxer, tornando-se a terceira senadora pela Califórnia, a segunda mulher afro-americana e a primeira sul-asiática-americana a servir no Senado dos Estados Unidos.

“Escolha eletrizante”

Na terça-feira (11), NBC e CNN anunciaram que a escolha havia sido feita mas que ainda não havia previsão de quando o anúncio seria feito. O prefeito de Los Angeles Eric Garcetti, um dos coordenadores da força-tarefa para escolha de um VP, disse em entrevista para MSNBC que a escolha seria “eletrizante”.

“Acho que a notícia será eletrizante quando sair”, disse Garcetti, emendando que “As pessoas saberão que Joe tomará suas próprias decisões”.

Também para a MSNBC, Tom Perez, presidente do Comitê Nacional Democrata, disse que “será histórico quando vencermos em novembro e tivermos a primeira vice-presidente mulher na história dos Estados Unidos”.

“Vou chorar”, diz comentarista da CNN

Durante uma transmissão ao vivo, a comentarista da CNN Angela Rye chegou a dizer que “provavelmente vou chorar” quando Biden anunciar a colega de chapa.

O que você pensa sobre esse assunto?