ICE prende 17 membros da gangue mexicana MS-13

Uma investigação liderada pela Homeland Security Investigations (HSI) de Las Vegas (ICE-HSI) e a Customs and Border Protection (CBP) resultou na prisão criminal de 11 membros e associados do MS-13, a mais perigosa gangue mexicana presente em solo americano, na terça-feira, em Las Vegas, Nevada e Los Angeles, Califórnia. Outros seis membros e associados do MS-13 também foram presos, com acusações criminais pendentes em cinco dos seis casos, num total de 17 prisões de membros do MS-13 realizadas nas duas cidades.

O HSI contou com o apoio do Departamento de Polícia Metropolitana de Las Vegas (LVMPD) e do Departamento de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos (ATF). A acusação de 13 indivíduos foi revelada quarta-feira no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito de Nevada.

Durante a operação, a HSI apreendeu cinco libras de metanfetamina, US $ 28.000 em dinheiro, 14 armas de fogo (9 armas longas e cinco revólveres) e seis supressores.

O presidente Donald J. Trump anunciou os resultados dessa investigação no Salão Oval da Casa Branca nesta quarta-feira (15).

“As gangues ameaçam a segurança de nossas comunidades, não apenas nas principais áreas metropolitanas, mas também em nossos subúrbios e áreas rurais”, disse Francisco Burrola, agente especial responsável pelo escritório do HSI em Las Vegas. “A violência e a atividade criminosa relacionadas a gangues representam um desafio contínuo para a aplicação da lei em todos os lugares. Nossos esforços para desmantelar as gangues são muito mais eficazes em áreas onde a parceria com a polícia local é mais forte”.

Dois outros acusados ​​- Juan Angel Reyes (também conhecido como “Angel” e “Mysterio”) e Eder Cruz-Salguero (também conhecido como “Edgar Manolo Ramirez-Salguero” e “Venado”) – são considerados fugitivos e um mandado permanece pendente por suas prisões.

“Como resultado do trabalho árduo e dos recursos substanciais dedicados por nossos parceiros policiais locais e federais, esse esforço colaborativo interrompeu a liderança do MS-13 e prejudica significativamente a capacidade da quadrilha de se envolver em violência e outras condutas criminais em Nevada, Califórnia, e em outros lugares do país “, disse o procurador americano Trutanich.

“Nosso escritório tem orgulho de contribuir para tornar nossas ruas mais seguras e impedir que o MS-13 use um caminho bem gasto entre Los Angeles e Las Vegas para desenvolver uma presença maior em Las Vegas. Somos gratos a HSI, a Polícia Metropolitana de Las Vegas e ATF: sem a coragem deles, essa investigação não seria possível “.

O que você pensa sobre esse assunto?