ICE prende 128 imigrantes ilegais na Califórnia

A polícia imigratória americana, o ICE, anunciou ter prendido 128 imigrantes ilegais em uma grande operação na semana passada que teve como alvo criminosos soltos por departamentos de polícia locais em cidades-santuário na Califórnia.

A operação, segundo a agência, visa pressionar cidades-santuários — localidades que protegem imigrantes ilegais, inclusive aqueles que cometem crimes dentro do país.

Segundo comunicado do ICE, entre os presos estava um salvadorenho de 40 anos condenado por homicídio em primeiro grau em 2009. O ICE diz que ele foi libertado da prisão do condado de Los Angeles, desafiando um pedido de deportação. Os oficiais do ICE pegaram o homem em 29 de setembro em Los Angeles.

O secretário de Segurança Interna em exercício, Chad Wolf, considerou a operação um “sucesso impressionante” e disse que ela deve sinalizar para as cidades-santuário que elas não podem proteger os imigrantes que estão ilegalmente no país das consequências da lei federal.

“Os líderes políticos que apóiam as políticas das cidades-santuário devem parar de colocar a política acima da segurança pública de suas cidades”, disse ele.

Os imigrantes presos foram anteriormente condenados por homicídio, agressão sexual e outros crimes graves, de acordo com o ICE.

A Califórnia é um estado santuário e, de acordo com a lei de santuário de imigrantes da Califórnia, a cooperação entre as autoridades locais e os agentes federais de imigração é limitada. Os departamentos de polícia locais não podem colaborar com os agentes de imigração, exceto em casos que envolvam crimes mais graves.

O que você pensa sobre esse assunto?