Homem de 51 anos parecia estar pronto para atirar contra agente, diz Serviço Secreto

O Serviço Secreto americano divulgou em suas redes sociais na noite de segunda-feira (10) uma pequena nota sobre a ocorrência da tarde de hoje na Casa Branca, quando o presidente foi retirado por um agente da sala de imprensa após tiros terem sido disparados em um dos pontos de acesso ao complexo.

A nota abaixo diz que por volta das 5:53 da tarde no horário local um homem de 51 anos se aproximou de um agente da divisão uniformizada do Serviço Secreto (a que faz segurança no perímetro da Casa Branca) em seu posto localizado na esquina da 17th Street com a Pennsylvania Avenue, próximo do Complexo da Casa Branca. Ao se aproximar o homem disse ao agente estar armado. O homem então avançou na direção do agente agressivamente e em dado momento retirou um objeto debaixo de sua roupa e se agachou numa posição em que parecia se preparar para atirar. O agente então efetuou disparos contra o homem atingindo-o no torso. Em seguida, tanto o homem como o agente foram levados ao hospital, segundo a nota.

A nota também esclarece que o complexo da Casa Branca não foi violado durante o incidente e que ninguém sob proteção do Serviço Secreto foi posto em risco.

A nota encerra dizendo que o Serviço Secreto vai conduzir uma revisão interna para apurar as ações do agente e que o Departamento de Polícia de DC também foi contactado para conduzir uma investigação

O que você pensa sobre esse assunto?