EUA vendem 66 caças F-16 para Taiwan; China prometeu reação

Taiwan formalizou a compra inicial de 66 caças F-16 dos Estados Unidos como parte de um acordo que pode resultar em US$ 62 bilhões em futuras aquisições, segundo comunicado do Pentágono emitido na sexta-feira (14).

Ao todo, 90 caças F16 de última geração devem ser fabricados pela americana Lockheed Martin para atender a demanda de Taiwan, pelo acordo. A compra dos F-16 por Taiwan marca a primeira venda de jatos de combate avançados para a ilha desde que o presidente George H.W. Bush anunciou a aprovação de 150 F-16s em 1992.

Em agosto de 2019, quando o acordo foi inicialmente divulgado, uma porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China disse a repórteres que “as vendas de armas para Taiwan violam gravemente o princípio de uma só China”.

A porta-voz Hua Chunying disse na época que seu governo estava pedindo aos EUA que “se abstivessem” de vender “os caças a Taiwan e parassem as vendas de armas e o contato militar com Taiwan. Caso contrário, o lado chinês certamente terá fortes reações e os EUA terão que arcar com todas as consequências”.


Leia também:


FONTE: Bloomberg, Departamento de Defesa

O que você pensa sobre esse assunto?