EUA classificam instituto ‘educacional’ chinês como influência maligna em universidades americanas

O secretário de Estado Mike Pompeo anunciou na quinta-feira (13) que os Estados Unidos estão designando o ‘Confucius Institute’ como missão estrangeira, uma entidade de propaganda do Partido Comunista Chinês instalada em escolas e campus universitários americanos.

“O governo Trump transformou em prioridade a busca por um tratamento justo e recíproco da República Popular da China. Por mais de quatro décadas, Pequim desfrutou de acesso livre e aberto à sociedade dos EUA, enquanto negava esse mesmo acesso aos americanos e outros estrangeiros na China. Além disso, a RPC aproveitou a abertura da América para empreender esforços de propaganda financiados em larga escala e operações de influência neste país.

“Hoje, o Departamento de Estado designou o Confucius Institute U.S. Center como uma missão estrangeira da PRC, reconhecendo a CIUS pelo que ela é: uma entidade que promove a propaganda global de Pequim e campanha de influência maligna nos campi dos EUA e nas salas de aula do ensino fundamental e médio. O Instituto Confúcio é financiado pela RPC e parte do aparato de propaganda e influência global do Partido Comunista Chinês”.

O que é?

Abertos ao público em geral, os Institutos Confúcio dizem promover o idioma chinês, oferecendo também aulas sobre a cultura do país. Eles patrocinam intercâmbios educacionais e realizam eventos públicos e palestras.

O primeiro CI foi inaugurado em 2004 na Coreia do Sul. De acordo com dados oficiais, havia 548 Institutos Confúcio em todo o mundo no final de 2018, bem como 1.193 salas de aula Confúcio baseadas em escolas primárias e secundárias. Existem cerca de 75 Institutos Confúcio atualmente ativos nos Estados Unidos, de acordo com o South China Morning Post.

O CI é financiado pelo governo chinês, estando subordinado ao Ministério da Educação. O objetivo da China era ter 1.000 desses institutos em todo o mundo até 2020 no que chama de “revolução de Confúcio” para explorar a crescente demanda estrangeira para aprender chinês.

Presença nos EUA

De acordo com dados de janeiro de 2019 do Departamento de Educação dos EUA, o instituto chinês tem cerca de 100 unidades no país e está presente em 44 (verde escuro) dos 50 estados americanos.


FONTE: Departamento de Estado dos EUA, Reuters, BBC, U.S. Government Accountability Office (GAO)

O que você pensa sobre esse assunto?