EUA cancelam 1.000 vistos de estudantes e pesquisadores chineses

Os Estados Unidos confirmaram na quinta-feira (10) o cancelamento de cerca de 1.000 vistos de estudantes e pesquisadores chineses presentes em solo americano por riscos à segurança nacional.

Os vistos foram revogados sob uma medida que visa impedir que estudantes de graduação e pesquisadores chineses roubem “tecnologias, propriedade intelectual e informações para desenvolver capacidades militares avançadas”, disse um porta-voz da Embaixada dos Estados Unidos em Pequim, na quinta-feira, em um comunicado. Os afetados “representam um pequeno subconjunto” de estudantes e acadêmicos visitantes, disse a Embaixada, acrescentando que os EUA continuaram a receber estudantes e pesquisadores “legítimos”.

Os vistos foram cancelados sob uma ordem executiva assinada maio pelo presidente dos EUA que mira cidadãos chineses com laços com o Exército de Libertação do Povo, disse a embaixada dos EUA.

Pesquisador da NASA é preso por espionar para China

Uma queixa criminal foi aberta em 24 de agosto, acusando Zhengdong Cheng, 53, de College Station, Texas, por conspiração, declarações falsas e fraude eletrônica, revelou em comunicado o Departamento de Justiça dos EUA, na ocasião.

Cheng supostamente liderou uma equipe de pesquisa para a NASA. De acordo com a queixa criminal, por vários anos ele deliberadamente tomou medidas para ocultar suas afiliações e colaboração com uma universidade chinesa e pelo menos uma empresa de propriedade chinesa. Os termos da concessão de Cheng proibiram a participação, colaboração ou coordenação com a China, qualquer empresa de propriedade chinesa ou qualquer universidade chinesa, de acordo com as acusações.

O que você pensa sobre esse assunto?