China mira infraestrutura das eleições americanas, diz O’Brien

Hackers ligados ao Partido Comunista Chinês estariam direcionando ataques virtuais contra a infraestrutura das eleições americanas de 2020, segundo o Conselheiro de Segurança Nacional, Robert O’Brien, que promete “consequências graves” contra quem interferir no processo.

“Eles gostariam de ver o presidente perder”, disse O’Brien no programa Face the Nation da CBS. “China – como a Rússia, como o Irã – eles se envolveram em ataques cibernéticos e phishing e esse tipo de coisa com relação à nossa infraestrutura eleitoral, com relação a sites e esse tipo de coisa”.

O’Brien disse que as autoridades americanas estão “cientes” dos ataques e estão “tomando medidas para combatê-los”.

O’Brien disse que os Estados Unidos estão vendo hackers tentando se infiltrar em sites pertencentes a escritórios das Secretarias de Estado estaduais em todo o país, órgãos responsáveis por administrar as eleições em nível local e coletar dados sobre americanos.

“É uma preocupação real e não é apenas a Rússia”, disse ele. “Haverá consequências graves para qualquer país que tentar interferir em nossas eleições livres e justas.”


FONTES: CBS, Reuters

O que você pensa sobre esse assunto?