Cerca de 138 membros do PCC atuam na controladora da TikTok, revela jornal

Cerca de 138 funcionários da ByteDance, proprietária chinesa do aplicativo de compartilhamento de vídeo TikTok, fazem parte de um comitê do Partido Comunista Chinês (PCC) incorporado dentro da empresa. Muitos desses funcionários trabalham em cargos de gerência, revela um documento interno, revela o jornal The Epoch Times.

Por lei, as empresas chinesas são obrigadas a instalar unidades do Partido Comunista em seus escritórios para garantir que as políticas comerciais e os funcionários sigam a política do Partido. A ByteDance, fundada em março de 2012, estabeleceu seu comitê do partido em outubro de 2014.

De acordo com os regulamentos do Partido, os membros dos comitês que funcionam nas empresas são nomeados em conferências políticas. Os membros cumprem mandatos de cinco anos.

O Epoch Times diz que no escritório da sede, pelo menos 138 funcionários – a maioria em cargos de gerência ou funções técnicas – estão no influente comitê do Partido de Pequim, de acordo com a lista interna. Sessenta pessoas da lista são classificadas como tendo um papel gerencial.

O que você pensa sobre esse assunto?