Casa Branca cria “sala de guerra” para responder aos ataques democratas durante confirmação de Barrett

A Casa Branca, segundo seu chefe de gabinete Mark Meadows, está criando uma “sala de guerra” para responder aos ataques democratas que podem ser feitos contra a juíza Amy Coney Barrett durante seu processo de confirmação no Senado americano na segunda e terceira semanas de outubro.

Meadows disse na quinta-feira (1) que é muito cedo para dizer o que os detratores da juíza Barrett podem fazer para atacar sua confirmação, mas a equipe do presidente Trump está pronta com contra-medidas, disse.

“Não devemos ficar chocados com o drama que pode acontecer na segunda e na terceira semanas de outubro”, disse Meadows. “Nunca subestime a capacidade de pegar um processo sério e torná-lo [uma atração do] horário nobre da TV e em momentos virais.”

Em uma teleconferência organizada pelo Projeto Article III — um grupo conservador que apóia as escolhas judiciais de Trump — Meadows disse que a equipe que trabalha na nomeação para a Suprema Corte conta com pessoas que conhecem a juíza pessoalmente.

“Qualquer coisa que surja terá uma resposta muito rápida e profissional, então espero que não vejamos os Avenattis, mas … se o passado é o prólogo, deve ser um outubro bastante emocionante, mas espero que termine com uma confirmação de uma candidata muito credenciada e excelente ”, disse Meadows.

O que você pensa sobre esse assunto?