Bytedance pode ser obrigada a vender TikTok; Microsoft considera a compra

O presidente Donald Trump deve assinar uma ordem executiva exigindo que a Bytedance, com sede em Pequim, venda o TikTok, o aplicativo de compartilhamento de vídeo suspeito de expor dados de usuários ao Partido Comunista Chinês, informou o The Wall Street Journal.

A decisão, porém, ainda não foi tomada. Na sexta-feira (31), ao deixar a Casa Branca para uma viagem ao estado da Flórida, Trump disse que está considerando diversas opções.

“Estamos lidando com o TikTok. Podemos estar proibindo o TikTok ”, disse Trump. “Podemos estar fazendo outras coisas, existem algumas opções. Mas muitas coisas estão acontecendo. Então, vamos ver o que acontece. Estamos considerando muitas alternativas com relação ao TikTok. ”

Segundo o New York Times, a Microsoft estaria considerando adquirir a TikTok caso o desinvestimento seja feito pela ByteDance.

US$ 500 mil em lobby

O grupo chinês dono do popular aplicativo de vídeo TikTok gastou um volume histórico de recursos da empresa em lobby nos Estados Unidos no segundo trimestre deste ano em uma tentativa de rebater alegações de que está enviando dados de cidadãos americanos para Pequim. A empresa teria investido US$ 500 mil em lobby com políticos em Washington DC.

O que você pensa sobre esse assunto?