Bannon alega inocência e deixa a prisão após fiança de US$ 5 milhões

O estrategista e ex-conselheiro do presidente Donald Trump, Steve Bannon, preso na manhã de quinta-feira (20) alegou inocência perante a corte federal de Manhattan e foi liberado pela justiça após concordar com uma fiança de US$ 5 milhões.

Bannon foi preso por volta das 7h15 desta manhã em um iate chamado “Lady May” perto de Westbrook, Connecticut.

As condições da fiança de Bannon incluem restrição em viagens, nenhum iate ou barco privado e nenhum contato com outras pessoas associadas a iniciativa “We Build The Wall”.

Acusação

Steve Bannon, ex-estrategista-chefe da Casa Branca e arquiteto de algumas das primeiras políticas de imigração do presidente Donald Trump, foi indiciado em conexão com uma campanha online de arrecadação de recursos para a construção de um pequeno trecho de três milhas do muro na fronteira entre os EUA e o México. Bannon e outras três pessoas foram presas.

Em uma acusação federal divulgada na quinta-feira (19), Bannon e dois outros são acusados de cometer fraude contra doadores em uma campanha online conhecida como “We Build The Wall” (Nós Construímos o Muro), que teria arrecadado mais de US$ 25 milhões.

Segundo a acusação, algumas centenas de milhares de dólares teriam sido desviadas para o fundador da iniciativa, Brian Kolfage.

Trump era contra a iniciativa

Após a prisão de Steve Bannon, a secretária de imprensa da Casa Branca esclareceu em nota que o presidente Donald Trump já havia se posicionado contra a iniciativa publicamente em seu Twitter.

No tweet de 12 de julho de 2020, Trump disse:

“Não concordei em fazer esta seção muito pequena (minúscula) do muro, em uma área complicada, por um grupo privado que arrecadou dinheiro com anúncios. Isso só foi feito para me deixar mal, e talvez agora nem funcione. Deveria ter sido construído como o resto do muro, mais de 500 milhas.”

Reação de Trump

“Eu me sinto muito mal. Não tenho lidado com ele há muito tempo”, disse Trump. “Acho que é um acontecimento triste”, disse ele a repórteres no Salão Oval. “Não lidei com ele há anos, literalmente anos.”

“Não sei nada sobre o projeto além de não gostar, quando li sobre ele, não gostei. Eu disse: ‘Isto é para o governo, isto não é para particulares’, me pareceu exibicionismo “, disse Trump.

O presidente também disse a repórteres que não conhecia os três acusados junto com Bannon e não acreditava que ele os tivesse conhecido.


FONTES: New York Post, Reuters, Casa Branca

O que você pensa sobre esse assunto?