Apresentadora da Fox News se irrita quando ex-deputado republicano cita George Soros; assista

O ex-presidente da Câmara americana, o republicano Newt Gingrich, foi repreendido durante um segmento do programa ‘Outnumbered’, da Fox News, quando citou George Soros como financiador de campanhas de procuradores distritais e como isso leva à impunidade de extremistas responsáveis por crimes em cidades democratas.

“O problema número um em quase todas essas cidades são os procuradores de esquerda, anti-polícia e pró-criminosos eleitos por George Soros que se recusam a manter as pessoas presas”, disse Gingrich.

“Tanto [Kamala] Harris quanto [Joe] Biden falaram com muito orgulho sobre o que chamam de procuradores progressistas. Os procuradores progressistas são anti-polícia, pró-criminosos e majoritariamente eleitos com o dinheiro de George Soros. E são uma das principais causas de a violência que estamos vendo porque eles colocam os criminosos violentos de volta nas ruas”, acrescentou.

“Não tenho certeza se precisamos envolver George Soros nisso”, interrompeu uma das apresentadoras Melissa Francis.

“Ele pagou por isso”, respondeu Gingrich.

Não, não pagou “, disse a estrategista democrata Marie Harf, participante do segmento junto com o republicano. “Concordo com a Melissa, George Soros não precisa fazer parte desta conversa.”

“OK?” disse Gingrich, intrigado. “Então é proibido?”

O vídeo com o trecho do painel de entrevistados foi amplamente divulgado nas redes sociais.

O que você pensa sobre esse assunto?